Ressuscitar mais um E30

Tagged: ,

  • Ressuscitar mais um E30

    Posted by João Mendonça on Setembro 7, 2021 às 7:33 pm

    No decorrer desta pandemia que a todos nos abalou, surgiu novamente o “bichinho” de ter um velhinho BMW para fazer companhia ao mais novos.

    Tendo eu sido um orgulhoso dono de dois E30 durante os meus tempos de faculdade, um 316 com o famoso 1600cc M10 e um 320i que tinha mais ferrugem que tinta, decidi resgatar mais uma destas míticas carroçarias desenvolvidas nos anos 80 pela marca alemã.

    Como passaram cerca de 10 anos desde o ultimo, duas coisas aconteceram a este modelo. A primeira quase obvia, atualmente um mero 316i de 4 portas em estado que se prese (digamos que circule e não tenha buracos de corrosão) chega facilmente aos 3500/ 4000€. A outra também digna da palavra “obvia” é que a ferrugem está cada vez mais presente, bem como os maus tratos de anteriores donos.

    O que foi dito anteriormente não me demoveu e aí começou a busca. Para meu espanto, dias depois desta epifania de voltar aos E30, aparece no recente marketplace do Facebook um 316i que conhecia bastante bem de vista e redes sociais. Ainda por cima numa das minhas cores preferidas deste modelo – Beige Metallic cor nº139 da BMW.

    Não desconhecia o estado deste carro nos anos.. tinha sido feita a alteração da frente de chapa para fibra de vidro (da pior qualidade possível), os interiores estavam bastante bons para um carro de 1989 com X donos e o motor ainda respirava alguma saúde.

    Dias depois desta ilustre descoberta decidi enviar uma mensagem ao dono e ir ver o carro. Este era detentor do carro há cerca de um ano e tinha adquirido o carro das mãos em que o conhecia. Estava bastante melhor do que esperava: A fibra tinha sido removida e substituída novamente por chapa, apesar da phase de produção errada, tinha pneus novos nas caricas originais, todos os casquilhos em poliuretano, um rádio da época e bastantes peças soltas em caixas para quem comprasse o carro.

    Tomei a decisão e fechei negócio. Era novamente dono de um (des)interessante BMW 316i de 1989. Corridos uns dias, fui busca-lo. Foi uma viagem mágica num carro cheio de pó mas que me rendeu uns 30min de viagem com um sorriso na cara.

    Recém chegado a casa deu entrada na enfermaria aka a minha pequena garagem para uma senhora revisão digna de o colocar a circular sem dúvidas de chegar a casa ou não.

    • Esta discussão foi modificada 2 anos, 9 meses atrás por  João Mendonça.
    João Mendonça respondeu há 2 anos, 9 meses atrás 1 Membro · 2 Respostas
  • 2 Respostas
  • João Mendonça

    Membro
    Setembro 7, 2021 às 7:41 pm

    Depois da dita revisão que incluiu distribuição, bomba de água, termostato, óleo Motul e filtro, filtro de ar pippercross e liquido de refrigeração Motul, lá estava ele pronto para espalhar charme nas ruas da capital mesmo que em duas cores e com a pintura bastante queimada.

    Como os carros acabam por ser um hobbie cá por casa (não digo vício para não parecer mal), tinha umas tralhas encostadas que davam um brilho ao pequeno germânico. Nesse mesmo dia montei umas replicas BBS em 15″ com as medidas ideias para se ajustarem ao carro.. apenas os pneus montados que , apesar de novos, não são um fit perfeito.

    Jantes montadas, carro bem lavado e foi hora do primeiro roadtest de 150km entre Lisboa, Cascais, Sintra e de volta a casa. Até deu para umas poses à mercê da foto

  • João Mendonça

    Membro
    Setembro 7, 2021 às 7:51 pm

    As novas jantes não disfarçam as duas cores e a pintura miserável, mas meus caros, e feliz que fiquei por dar uma volta neste carro?

    Durante as semanas seguintes e até ao momento apenas foram chegando algumas peças que vão completando a coisa antes da pintura: a tinta para a tampa das válvulas que apesar da cor errada da encomendada não ficou nada mal, a linha de escape com as duas ponteiras da TA-Technnix e o volante Edition que encontrei a preço convidativa nos demais marketplaces.

    A performance deste pequeno 1600cc não tem sido um desanimo, sinceramente para meu espanto.
    O motor, ainda original da carroçaria, conta com algumas alterações que acabam por o tornar divertido: injetores melhores das ultimas versões de 1994 catalisadas, volante de motor aligeirado, filtro de ar de caixa pipercross e mais uns quantos toques.

    Para a carroçaria, ainda antes de rumar à pintura, faltam ainda os frisos que aguardo da BMW e os símbolos originais azuis e brancos para substituir os que estão colocados, seguramente do Aliexpress.

    No fim de semana que se avizinha vai rumar à Costa da Caparica para o I Encontro dos Alemães da Costa de Caparica.

    Obrigado,
    João